11/03/2015

The Little Bastard: A Maldição

James Dean, actor americano, nascido em Fevereiro de 1931, foi considerado como a personificação da rebeldia da juventude dos anos 50 e, hoje em dia, é um dos ícones culturais dos EUA. Amante de grandes velocidades, Dean participava regularmente em corridas com o seu Porsche 356 Speedster.

Em 1955, James Dean trocou o seu carro por um novo Porsche 550 Spyder e mandou personalizá-lo ao mesmo homem que anos mais tarde viria a desenhar o batmobile. O carro sofreu algumas alterações e recebeu, então, o nome de "The Little Bastard".



O primeiro a quem James mostrou o carro, foi ao actor Alec Guinness, o mesmo que mais tarde viria a protagonizar o filme "Star Wars: Guerra das Estrelas" como o mester jedi Obi-Wan Kennobi, que apenas disse que o carro tinha um ar sinistro e que o amigo acabaria por ser morto pelo carro ao fim de uma semana.
Sete dias depois, a caminho de uma corrida, Dean, que ia a conduzir o 550 Spyder a alta velocidade, choca brutalmente com um Ford que vinha em sentido oposto, em contramão. James morre a caminho do hospital com múltiplas lesões em todo o corpo, enquanto que o condutor do Ford, que alegava que não viu o Porsche, apenas ficou com um golpe na testa e o nariz partido.



Desde dessa altura, o "The Little Bastard" matou, ou mutilou, todos aqueles que tiveram contacto directo com ele. Isto criou, então, o mito da sua maldição, que perdura até hoje.
George Barris, o personalizador do famoso carro, foi quem ficou com os seu "destroços", comprando a carcaça do carro por 2500 dólares. Logo a tirar o carro do local, quando Barris o mandou retirar, o carro cai do reboque e parte a perna a um mecânico. Foi então que o novo dono do carro decidiu vender algumas das suas peças que ainda estavam capazes, espalhando assim a maldição Little Bastard.
O primeiro comprador das peças do Porsche, durante uma corrida, perdeu o controlo do carro e bateu contra uma árvore, teve morte instantanea. O segundo comprador, durante a mesma corrida, ao fazer uma curva, o seu carro subitamente trava e capota, deixando o condutor gravemente ferido.

Algum tempo depois, George Barris, que ainda detinha o carro, vendeu as únicas peças do carro que, incrivelmente, ficaram intactas: as duas rodas da frente, a um homem que, pouco tempo depois, teve um acidente na estrada quando os dois pneus dessas rodas rebentaram simultaneamente.

Mas, à medida que o tempo passava e as histórias do 550 Spyder eram contadas, este ia ganhando fama e despertava grande curiosidade em toda a gente, e foi então que dois ladrões, motivados por essas histórias, quiseram roubar o que ainda sobrava do carro. Os dois assaltantes tentaram roubar o volante e o banco do condutor, que ainda estava sujo com o sangue de Dean. Um ficou com um braço rasgado, enquanto que o outro acabou ferido em várias partes do corpo, e nenhum consegiu levar o que queria...
Todos estes incidentes levaram George Barris a esconder o carro, mas rapidamente foi convencido pela policia da Califórnia a expo-lo no sentido de consciencializar as pessoas sobre a responsabilidade na estrada.
Durante a primeira exposição, a garagem onde o carro onde James Dean morrera estava exposto incendiou-se. Tudo o que havia para arder, ardeu, tudo o que havia para queimar, queimou, nada se safou, à excepção do carro, que permaneceu intacto, exactamente igual ao dia em que ali foi posto.
Na segunda exposição, que ocorreu numa escola, o suporte onde o "Little Bastard" estava exposto parte, deixando-o cair sobre um aluno que estava a admira-lo, partindo-lhe a bacia.

Desde então o carro foi transportado várias vezes de local em local. Numa delas, o camião que o transportava tem um acidente, (novamente) devido ao condutor perder o controlo sobre o carro, capota e o condutor acaba morto esmagado pelo carro amaldiçoado.

Numa outra vez em que o "The Little Bastard" estava a ser transportado, desta vez pela policia de Chicago, o carro desaparece misteriosamente do camião onde estava e nunca mais ninguém o viu, nem há relatos do mesmo até hoje...

0 comentários:

Postar um comentário