30/01/2016

Sabia que um político conhecido suicidou-se ao vivo e a Globo censurou?

Budd-Dwyer-American-politician-live-suicide-on-TV-

No ano de 1987, o Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, uma passagem com um político norte-americano chamado Budd Dwyer que cometeu suicídio de uma forma jamais inesperada.
Budd Dwyer era membro da Câmara e do Senado da Pensilvânia durante as décadas de 1960 a 1980, trabalhou no Tesouro Nacional e foi acusado de corrupção por supostamente ter recebido uma dinheiro no valor de US$ 300 mil.
Um pedido de acordo de delação premiada(um acordo em que a pessoa que recebe a acusação assume a culpa e coopera com a polícia para as investigações) foi feito pela justiça da Pensilvânia a ele, permitindo que ele pegasse cinco anos de prisão.
Após o pedido de acordo da justiça da Pensilvânia, o político alegou ser inocente, recusou o acordo e convocou a imprensa para esclarecer o caso por meio de uma coletiva.
A mídia inteira achou que ele confessaria o crime por meio da entrevista em geral, mas ele resolveu por em prática um plano que já havia arquitetado em sua mente.
Prometendo esclarecer as acusações sobre ele, Dwyer jurou inocência com o seguinte discurso alegando perseguição política e disse: “Eu agradeço ao bom Deus por ter me concedido 47 anos de desafios instigantes. Agora minha vida mudou, sem uma razão aparente. Eu enfrento uma pena máxima de 55 anos numa prisão e o pagamento de US$ 300 mil por ser inocente“.
foto1
Após seu discurso, ele entregou um envelope a cada um de seus três assessores. Um continha uma nota de suicídio para a esposa, no outro, uma carta destinada ao governador da Pensilvânia e a última era uma declaração de doação de órgãos.
E o que ninguém esperava era o que tinha em um quarto envelope que ele resolveu expor a todas as pessoas presentes.
foto1
Ele o abriu e retirou um revólver, declarando o seguinte: “Por favor, deixem o recinto se isso os ofende”. Ele avisou que o que estava em sua mão poderia machucar alguém por perto e enfiou a arma em sua boca, puxando o gatilho e caindo morto no chão logo em seguida.
Os jornalistas ficaram assustados, muita gente começou a gritar e o pânico entre os assessores e os profissionais da imprensa presentes se instaurou. Logo uma poça de sangue começou a se formar no chão e a polícia e a equipe médica foram acionadas.
O ocorrido foi exibido ao vivo, na região da Pensilvânia. A cena completa do suicídio não foi exibida pelos jornais nacionais só mostraram um trecho do que ocorreu.
No Brasil, o jornalismo da Rede Globo mostrou o político norte-americano enfiando a mão no envelope, tirando a arma e dando o tiro, mas eles optaram por censurar e congelar a imagem, mantendo apenas o áudio do disparo que acontece em seguida.


Nossa redação conseguiu o link com a íntegra completa do vídeo e a cena forte do suicídio. Se você for uma pessoa menor de idade, peça autorização a seus pais para que possa assistir ao vídeo.
Se você for maior de 18 anos, avisamos que o conteúdo contém cenas muito fortes.
Para assistir ao vídeo do suicídio, clique neste link aqui.


Fonte: Fatos Desconhecidos 

0 comentários:

Postar um comentário