02/02/2016

A casa (Relato)


Em 2004, não me recordo da data eu morava com os meus pais em uma chácara onde eles eram caseiros em um bairro chamado Caputera.

A casa era muito grande e bonita, mas as vezes tinha um ar assustador pois era em região de mata.

As filhas dos donos da casa já tinham me contado algumas coisas que elas tinham escutado na casa, como alguns barulhos, e eu sempre acreditei nessas coisas.

Então uma noite, meu pai estava assistindo ao jogo na televisão e minha mãe eu estávamos conversando, quando is cachorros começaram à latir insistentemente e minha mãe com medo pediu que meu pai fosse solta-los, mas ele disse que ia esperar o jogo acabar.

Nessa noite os patrões não estavam na casa eles tinham ido viajar. Nossa casa ficava debaixo da deles e o nosso quarto ficava debaixo da lavanderia. E foi na lavanderia que nós escutamos de repente passos de alguém que estava correndo e de salto. Nós tomamos um susto e ficamos parados escutando aonde aqueles passos iam dar, até que foram se distanciando e pararam.

Meus pais e eu subimos para ver se era algum ladrão e quando chagamos na lavanderia para nosso espanto a porta estava trancada e não havia como alguém passar pela porta e os passos vieram de dentro da lavanderia e saíram dela.

Meu pai soltou os cachorros que pareciam estar assustados e voltamos para dentro de casa.

Depois daquele dia ainda presenciamos coisas estranhas, como no dia em que uma das filhas do dono disse ter visto alguém no salão de festas e quando fomos ver não tinha ninguém e ela estava em choque. Ou ainda quando eu e minha mãe vimos perto do canil dos cachorros uma vela acesa e quando chegamos perto não havia nada.

Realmente aquela casa tinha algo de sinistro na sua história!


Enviado por Anônimo 

0 comentários:

Postar um comentário