01/02/2017

O cordel de sangue

O  Cordel de Sangue
Aislan Coulter.
É uma antologia de contos no Sertão dos cangaceiros. As narrativas seguem a partir da morte de Lampião e seu bando. As onze histórias trazem o melhor do horror gore.
São tripas caindo pra fora, crânios estourando — feito laranjas lançadas contra um muro —, vísceras sendo pisoteadas por lobisomens, vampiros abocanhando pescoços, pactos em encruzilhadas, seres do folclore brasileiro, prostíbulos cheios de doenças, estupradores de cadáveres.

Encarei aquela estranha mulher de preto e senti invisíveis tentáculos de pavor abraçarem meu coração. Como podia ela saber, tanto?! Minha boca estava seca, meus lábios, colados um no outro.

Este livro tem que ser lido e apreciado por todos os fãs de gore. Apresenta uma história de terror de primeira linha com momentos arrepiantes, que na verdade são onze contos que, como citado a cima, diz a respeito da morte de Lampião e seu bando. O interessante é a mistura entre o gore e os cangaceiros, com o linguajar nordestino nas falas dos personagens. De mosquitos a fadas, de espantalhos a espíritos, demônios e zumbis. Animais mortos, sangue pra todos os lados e pessoas apavoradas. 

Eu, particularmente, apreciei (me apavorei haha) lendo-o. Me simpatizei de cara com o livro só pela capa bem chamativa também, com a mistura do terror (representado pela moça de olhos brancos) e pela seca do sertão brasileiro (nordeste). Tem todo o clima de mistério, terror e paranormalidade encontrado em suas páginas. Aislan cria uma sensacional mistura de perfeição suspense com mistério, terror, ficção e o sobrenatural. É uma apavorante viagem pelo medo, tomado pelas sombras mais profundas que alguém já viu, na qual pessoas atormentadas e acossadas pelo medo convivem com criaturas sombrias, sem contar com a incrível história dentro do hotel.

Como ressalva, posso apenas salientar algumas dificuldades que tive entre uma história e outra, mas ao longo da narrativa, tudo faz sentido. Apesar de o livro conter  66 páginas e apenas 56 são as histórias das quais eu realmente gostei, não posso deixar de afirmar que este é um ebook do qual aqueles que são fãs de gore, devem ler! Super aprovado. 

Aislan Coulter
Aislan Coulter é um escritor brasileiro de horror e suspense. Nasceu no dia 24 de junho de 1980, na cidade de Rancharia-SP.
O primeiro contato com a literatura foi na infância, a estante de livros do avô — Francis Leslie Coulter, um britânico veterano da Primeira Guerra Mundial, ávido leitor de ficção científica e mistério.
Sua mãe trabalhou em uma biblioteca e ele sempre a acompanhava. Conheceu o universo do Storytelling através da sua tia Shirlei Coulter. Mais tarde seu pai apresentou o mundo dos quadrinhos e dos filmes.
Ganhou seu primeiro prêmio de escrita aos 11 anos e nunca mais parou de escrever.
Estudou Produção Textual, Letras e Pedagogia. Participou de várias antologias de terror e ficção.
É autor do livro O Cordel de Sangue.
Vive com a esposa e o filho no interior de São Paulo, nas horas vagas é guitarrista de uma banda de rock ‘n roll.




0 comentários:

Postar um comentário