17/01/2018

O homem da capa preta



Sempre relatado, após os avistamentos, como um um homem alto (muitas vezes, muito alto), forte e trajado com um grande impecável chapéu ou capuz preto e uma longa e formosa capa negra. Muitas vezes também pode ser visto com uma brilhante e sedosa camisa vermelha, que ao contrastar com a capa preta os relatos exprimem parecer com "um mar de sangue envolto as trevas" o que torna o personagem ainda mais sinistro. 

Voltando para nossa estrela do dia, o homem da capa preta esta presente em algumas religiões, cultura pagã e simbolistas:

Para a maioria das religiões tradicionais é culturalmente conhecido como um ser das trevas, ou mesmo o próprio demônio e que deve ser, se avistado, evitado a todo custo pois o contato direto com a entidade só pode produzir àqueles que os vêm infelicidade, possessões, morte ou acidente eminente. Para algumas doutrinas é considerado um espirito antigo, bondoso ou em missão, que trabalha constantemente para transformar a escuridão em luz. Utiliza o complexo paradoxo para atrair e se aproximar de criaturas das trevas que estão entre os vivos ou entre os mortos, tornando-se simpático a eles e produzindo através desta alegoria psicológica e física uma atração na infeliz alma que inevitavelmente dirige-se para a salvação da luz. Deste  modo ao conseguir o feito mostra-se realmente como é; brilhando de forma estrondosa paralisando de alegria a nova alma modificada.

Na cultura africana e portuguesa é encontrado como um ser ligado aos cultos antigos, alguns já extintos da África, cultos que originaram religiões africanas hoje tão conhecidas no Brasil e no mundo. Nestas a figura do homem da capa preta tem a sua representação como o ser que é atraído para realizar tarefas quase impossíveis tanto para o bem, quanto para o mau. Sempre solicitando algo em troca.




Na literatura antiga pagã o homem da capa preta é interpretado ou mesclado com os homens-sombra, esses são seres que se movem pela escuridão ou pelas sombras do mundo (físicas ou psicológicas) conduzindo a morte por entre os vivos e guiando os mortos pelos caminhos da tortura até a sua salvação, uma definição mais aproximada com a de um ceifador. É ainda classificado como portador das chaves e dos portais que ligam a terra ao céu, inferno e purgatório; além de dimensões distintas que ainda não podem ser compreendidas pelos homens.

São muitas as representações e definições que tentam explicar e definir o homem da capa preta, embora elas difiram em alguns pontos, sempre remetem e complementam esta tão comum aparição de modo a cada vez mais torna-la mais real e comum em todo mundo.

Mas como ele aparece? De qual maneira é visto? Como é relatado?

Em sua maioria é relatado um homem alto com chapéu e capa preta, com algumas variantes que podem ser: camisa vermelha brilhante, ao invés de chapéu; um capuz, ter mais de 2 metros de altura. Algumas descrições o revela como um ser sem face, já outras como um ser de olhar rude ou austero extremamente marcante e tenebroso. 




Sua forma também é relatada diversamente por todo o globo, modificando o homem da capa preta para algumas formas pouco conhecidas, mas muito assustadoras. Entre elas esta a forma de sombra, nessa a entidade é vista como uma sombra somente, difusa como fumaça, quase transparente, geralmente pode ser observado pelo canto dos olhos, na maioria das vezes atraindo seus observadores com  chamados gestuais. Alguns, mais raramente, o relata como um ser desconexo, sem face e sem articulações. Algo que se movimenta como uma serpente, seria uma espécie de slender man com capa e chapéu, poucos que viram dizem nunca terem visto algo mais assustador em suas vidas. Embora apareça mais fisicamente, pode ser também visto em sonhos que em sua maioria são gigantescamente assustadores e desconexos, relatados como um filme vivido sem ordem cronológica, onde todas as cenas pertencem a um único objetivo: o de criar o caos de forma muito assustadora, outrora servem para distribuir mensagens e previsões para quem sonha.

Embora confundido com entidades boas de algumas religiões ou doutrinas, a maioria dos médiuns aconselham a não invoca-la, pois não há um consenso quanto a sua natureza e muitas vezes pode ser perigoso. Seria como brincar com fogo. Por via das dúvidas, seja esperto: fique longe.




Como descrito o homem da capa preta é uma das  figuras ou entidade sobrenatural mais conhecida do planeta, não se sabe ao certo se é boa ou ruim e pode ser visto de diversas maneiras, o que o transforma numa grande incógnita muito perto de tornar-se real.


Fonte: Quero Medo

0 comentários:

Postar um comentário