11/04/2018

5 teorias da conspiração sobre o Titanic

Se você nunca ouviu falar sobre o Titanic, provavelmente vive em uma realidade paralela. Sobre ele existem inúmeros filmes, além de vários memes e histórias de sobreviventes. O motivo de seu naufrágio parece bem convincente, pois a possibilidade de um grande navio a uma alta velocidade, navegando em uma noite sem Lua no céu em uma área cheia de icebergs e com uma tripulação que ignorou avisos sobre eles, é bem grande.
1. Aliens subaquáticos
aliens
Não existe uma boa lista de teorias da conspiração se aliens não forem um dos tópicos. Se eles possuem uma tecnologia avançadíssima e conseguem nos observar disfarçadamente, então por que não poderiam utilizar lasers para afundar um navio lotado no meio do oceano?
Essa informação foi divulgada por um jornal americano chamado Weekly World News. Segundo eles, um cientista chamado Josef Hostettler descobriu três enormes buracos sob o casco do navio, que só poderiam ter sido causados por um ataque de aliens subaquáticos com armas laser. 
Ele também apontou a perda de contato do Titanic por rádio com os navios próximos como outro motivo que confirma o ataque alienígenaObviamente, existem poucas evidências sobre essa hipótese, mas, como no caso da maioria das teorias envolvendo alienígenas, hoje em dia você acredita por conta e risco.

2. Viajantes do tempo

viagem no tempo

Considerando nossa tecnologia atual sobre viagem no tempo, esta teoria também pode ser considerada alienígena. Em um dos episódios de seu podcast chamado StarTalk, Neil deGrasse Tyson falou sobre um rumor de o Titanic ter afundado devido a turistas viajantes do tempo. 
Eles teriam vindo de um futuro onde a viagem no tempo já seria possível, e, como o famoso iceberg seria um provável ponto turístico, superlotaram o navio, que acabou afundando por esse motivo. A história foi contada em tom de brincadeira, mas existem pessoas que realmente acreditam nela.

3. Ataque U-Boat

Ataque U-Boat
Apenas 3 anos após o naufrágio do Titanic, um U-Boat alemão atacou um navio de passageiros britânico chamado RMS Lusitania, já durante a Primeira Guerra Mundial. Devido às semelhanças entre as embarcações, os teóricos da conspiração começaram a cogitar que o Titanic tivesse sido torpedeado por um submarino alemão também.
 
Uma das pessoas que acreditam nessa possibilidade é o Dr. Franklin Ruehl, que falou ao The Huffington Post sobre o assunto. Aparentemente, os sobreviventes ouviram barulhos de explosão no navio e também viram luzes de uma embarcação a distância, que posteriormente veio a ser identificado como o navio Californian. Mas quem estava no Californian também afirma ter visto luzes distantes, além do próprio Titanic, e essa terceira luz seria o U-Boat causador do ataque, que fez seu serviço e submergiu sem deixar vestígios.
No entanto, a guerra só começaria em 1914, e o Titanic afundou em 1912. Então, os alemães não teriam motivo para atacar um navio lotado de civis. Em seu artigo, o Dr. Ruehl baseia a teoria em vídeos próprios, além de declarações de passageiros que dizem ter sentido premonições sobre o acidente.

4. Maldição do Faraó

múmia
Exitem muitas histórias de pessoas que liberaram maldições ao abrir tumbas de faraós egípcios, e talvez uma delas tenha ajudado a afundar o Titanic. O Museu Britânico incorporou ao seu acervo em 1889 uma múmia conhecida como “A múmia da má sorte”, pelo fato de todos os seus donos anteriores terem sofrido uma maré de azar após adquiri-la. Coincidentemente, o proprietário dela na época, segundo algumas pessoas, tentou embarcar no Titanic — e o resto da história já sabemos.
Para que essa teoria faça sentido, é necessário acreditar na maldição e que ela seria tão forte a ponto de naufragar um navio sem a múmia amaldiçoada dentro dele, pois ela está em exposição até hoje no museu. Haja vontade de crer na história!

5. No Pope

No Pope
Em 1987, uma publicação disse que os números 3909 04 estavam escritos no casco do Titanic, e que observados por um espelho esses números parecem escrever as palavras “No Pope” (Não Papa). Como ele foi construído em Belfast, região predominantemente católica, os próprios operários viram isso como uma ofensa a Deus, e por isso ele estava fadado a naufragar.
O site Snopes investigou esses fatos, e essa é uma teoria totalmente sem sentido. Os números que realmente apareciam no casco são 131428, além de que na região de Belfast a maioria dos trabalhadores são protestantes. Mesmo que os números fossem 3909 04, seria necessário ter muita fé para crer nessa teoria.
Fonte: Mega Curioso

4 comentários: